VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Translate

17 de abr de 2012

A Cativa que Reinou - 2Reis 5:2/3



A cativa que reinou...2Reis 5:2/3 

Hoje gostaria de falar sobre esta passagem bíblica muito conhecida, onde muitos pregadores falam sobre a cura de Naamã, mas eu queria enfatizar hoje, o que levou à cura de Naamã. 

Passagem Bíblica: 2 Reis 5:2-3Vs 2 - E saíram tropas da Síria, da terra de Israel, e levaram presa uma menina que ficou ao serviço da mulher de Naamã. Vs 3 - E disse esta à sua senhora: Antes o meu senhor estivesse diante do profeta que está em Samaria; ele o restauraria da sua lepra. 

Todos nós já ouvimos inúmeras vezes pregadores enfatizando esta passagem bíblica muito poderosa, que fala principalmente sobre a cura de um homem que a bíblia relata como:Vs 1- E Naamã, capitão do exército do rei da Síria, era um grande homem diante do seu SENHOR, e de muito respeito; porque por ele o SENHOR dera livramento aos sírios; e era este homem herói valoroso, porém leproso. 


Um homem que não precisa de apresentações, pois o próprio versículo bíblico já diz tudo, capitão do exército do rei da Síria, um homem que não tinha nada que pudesse desaboná-lo perante seu rei, mui respeitado e a palavra diz que “por ele o Senhor deu livramento aos sírios”, significando também que era usado por Deus, um instrumento do Senhor na face da terra, tinha seu valor em alto estima e considerado por muitos um herói. 

Mas apesar de todas essas qualificações havia algo em sua existência que o descredenciava para qualquer coisa, talvez um convívio social, pois naquela época as pessoas que sofriam com lepra, eram separadas, não podiam andar em sociedade e ficavam afastadas das demais, como poderia passar isso no coração de um homem que outrora era capitão de um exercito, acostumado a liderar, estar a frente, agora sua condição era inversa, estava atrás e só... 

Mas como diz no hino da Cassiane, 

“Deus sempre levanta, servos que não tem medo, pois estão em oração...” 

Deus levantou essa menina, disse bem, menina como está na palavra do Senhor... Falemos um pouco sobre ela.... 

Vs 2 - E saíram tropas da Síria, da terra de Israel, e levaram presa uma menina que ficou ao serviço da mulher de Naamã. 

Uma simples menina, cativa da terra de Israel, simplesmente uma criança escrava de uma situação a qual não tinha como solucionar, era simplesmente servir, servir e servir... Não havia tempo de cativeiro, muitos nasceram e morreram cativos, simplesmente porque eram cativos espirituais como ainda hoje existem muitos nesta condição, oremos em favor deles. 

Um cativo naquela época não tinha direitos, somente deveres, para exemplificar, aquela menina poderia crescer se seus senhores permitissem, poderia namorar quando e com quem eles quisessem, casar até poderia na mesma condição do namoro, ter filhos quando e quantos os seus senhores permitissem e se permitissem, não tinha shopping, cineminha, cessão pipoca com os irmãos, encontro de jovens, nada disso. 

Não podia dar opinião, falar de própria vontade era um insulto, tanto que a menina se referiu a sua Senhora mulher de Naamã, e também não foi uma afirmativa foi uma frase exclamativa !!! 

Vs 3 - E disse esta à sua senhora: Antes o meu senhor estivesse diante do profeta que está em Samaria; ele o restauraria da sua lepra. 

Nesta frase estava contido todo o poder e a vontade de Deus para a vida de Naamã, a sua cura interior e exterior dependia desta pequena menina com esta grande ousadia no falar. 

Ela podia estar cativa no corpo, mas sua alma e espírito estavam livres, livres para servir a Deus em toda sua plenitude, tanto que ela se desprendeu de tudo o que lhe era contrário senão vejamos. 

Quem nos dias de hoje, cativo de alguém nas condições desta menina, permitiria ser usado por Deus para aliviar e sarar a vida de seu Senhor? 

Quem deixaria o sentimento de escravo para trás, mesmo porque ela ainda continuou servindo a mulher de Naamã, mas não se prendeu à isto, ela sabia o que Deus queria para sua vida... 

Ela enxergou além daquilo e daqueles que à tornaram cativa, mas olhou simplesmente para o alvo, que é o Amor, que Deus tinha plantado em seu coração...Não foi nada difícil para ela se desvencilhar de suas amarras, de seus grilhões e servir a Deus. Hoje temos tanta liberdade de expressão e culto que as vezes acabam por nos atrapalhar de servirmos à Deus em plenitude... 

Aquela menina fez algo maior do que muitos de nós nos dias de hoje já fizemos pra Jesus. Ela ofereceu o melhor sem esperar nada em troca, nem ao menos solicitou sua liberdade, ou questionou, nem se quer passou em sua cabeça barganhar algo com seus senhores. Hoje muitas vezes chegamos diante de Deus sempre querendo barganhar algo com Ele do tipo “Senhor se tu me deres eu te darei, Senhor se ele(a) voltar para mim eu volto para a Igreja, Senhor se, se, se.” São tantos “se” que nem mesmo nós conseguimos tomar possa da nossa vitória. 

Com essa exclamativa da menina, Naamã foi curado duas vezes e o nome do Senhor foi exaltado conforme podemos ver abaixo:1º ato glorioso – Todos souberam que havia profeta usado por Deus em Israel.Vs 8 -Sucedeu, porém, que, ouvindo Eliseu, homem de Deus, que o rei de Israel rasgara as suas vestes, mandou dizer ao rei: Por que rasgaste as tuas vestes? Deixa-o vir a mim, e saberá que há profeta em Israel. Eliseu provou que havia profeta usado por Deus naquele lugar. 2º Ato Glorioso – Operação de Milagres 

1ª cura de Naamã – Cura Espiritual. Vs 11 - Porém, Naamã muito se indignou, e se foi, dizendo: Eis que eu dizia comigo: Certamente ele sairá, por-se-á em pé, invocará o nome do SENHOR seu Deus, e passará a sua mão sobre o lugar, e restaurará o leproso. Vs 12 - Não são porventura Abana e Farpar, rios de Damasco, melhores do que todas as águas de Israel? Não me poderia eu lavar neles, e ficar purificado? E voltou-se, e se foi com indignação. Curado de seu ego, de seu status pessoal, pois segundo a palavra do Senhor quando Eliseu disse a Naamã que mergulhasse sete vezes no Jordão ele se indignou, até mesmo porque queria que o profeta tivesse imposto as mãos e o curado na hora, até mesmo questionando a qualidade das águas do rio, dizendo haver outros melhores para ele mergulhar.Mas as coisas não são como queremos e sim como Deus quer amém.? 

2ª Cura de Naamã – Cura Física. Vs 14 - Então desceu, e mergulhou no Jordão sete vezes, conforme a palavra do homem de Deus; e a sua carne tornou-se como a carne de um menino, e ficou purificado. Vs 15 - Então voltou ao homem de Deus, ele e toda a sua comitiva, e chegando, pôs-se diante dele, e disse: Eis que agora sei que em toda a terra não há Deus senão em Israel; agora, pois, peço-te que aceites uma bênção do teu servo.Vs 16 - Porém ele disse: Vive o SENHOR, em cuja presença estou, que não a aceitarei. E instou com ele para que a aceitasse, mas ele recusou. Ao cumprir a palavra de Deus proferida pelo profeta Eliseu, no sétimo mergulho a palavra do Senhor diz que ele foi totalmente curado, não sobrou nada da enfermidade, totalmente curado, sem pagar nada por isso, simplesmente sendo fiel e obedecendo. O próprio profeta Eliseu disse que não aceitaria nada de Naamã, mas porque ele disse aquilo? Reparem bem no versículo 16, “ Vive o Senhor, em cuja presença estou, que não aceitarei.” 

Não aceitou simplesmente porque Eliseu estava na presença do Senhor. Hoje muitos estão cobrando curas que nem mesmo eles podem realizar, quando na verdade tudo já foi conquistado na cruz do Calvário (Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido IS 53:4). E por fim o nome do Senhor foi conhecido e exaltado como podemos ver no versículo Vs 15 - Então voltou ao homem de Deus, ele e toda a sua comitiva, e chegando, pôs-se diante dele, e disse: Eis que agora sei que em toda a terra não há Deus senão em Israel; agora, pois, peço-te que aceites uma bênção do teu servo. Eu encarecidamente peço a todos os amados leitores, que aquilo que de graça receberam, dêem de graça, para que o verdadeiro galardão lhe seja dado pelo Senhor Todo Poderoso, em cuja presença Estamos amém!? 



Atenciosamente
Graça e Paz!
Pr. Jeferson Luiz da Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Graça e Paz!
Seja muito bem vindo, comente com moderação e respeito, o espaço está aberto para todos, evite palavras indecorosas e respeite a opinião dos demais comentaristas!!!